segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

mais tempo

sei que é capaz de ser cedo para o dizer, mas gostava muito mais de trabalhar do que estudar. quando se trabalha, já se tem a experiência, é uma profissão, uma carreira, uma vida que, se bem pensada e previamente planeada, não inclui tantos solavancos pelos quais a vida de um aprendiz passa. porque nunca consigo ter a cabeça no lugar se há alguma coisa que me desvie das matérias, e há tantas coisas para as quais adorava ter tempo. quando se trabalha, se numa coisa da qual realmente gostamos - aquela para a qual fomos talhados - não é preciso lutarmos contra nós próprios para misturar tantos conceitos dentro da cabeça, as coisas fluem e derivam de uma forma tão natural quanto um pestanejar ou uma respiração. há mais disponibilidade para ler um livro, devorar aquela série de uma só vez, cozinhar para alguém especial e prestar mais atenção aos retalhos da vida. é muito condicionada, esta maneira de pensar, mas quanto ao meu ponto de vista, não vejo as coisas de uma maneira muito distinta desta. são apenas opiniões, de alguém que se deliciava com um pequeno prolongamento dos seus dias. pois que é a isto se chama ser feliz, ter tanta coisa para provar, que só vinte e quatro horas não chegam, porque se quer viver para sempre.

5 comentários:

Inês disse...

É sempre bom ter estes recantos com que nos podemos deliciar ao fim do dia :)
E o tempo, esse, nunca é demais.

Amêndoa disse...

pois há. e eu quero essa profissão xDD

DS disse...

obrigada :)
gostei xd

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

prefiro estudar, porque como está isto não sei lol :)

Ana Gonçalves disse...

ás vezes também gostava de ter esses momentos, mas os únicos momentos de descontracção que tenho são estes em que venho para o blog... de resto é só estudar!:S