sábado, 29 de março de 2014

Merda


quinta-feira, 27 de março de 2014

Às vezes

é preciso um teste, para perceber o que realmente se quer. Para perceber que te quero a ti. 

quarta-feira, 12 de março de 2014

Mentir...

O que te devia ter dito:

Agora é que te lembras, anormal? Que eu afinal não sou assim tão má, e que não mereci a maneira como me trataste? Agora, que estás na lama, é que te lembras de vir reclamar o meu olá? Depois de meses a olhar-me nos olhos, a irritar-me com essa tua maneira de ser, a deixar-me fora do sério por apareceres em todos os lugares em que eu estava? Pois, agora é tarde, disseste bem. Muito tarde. Egoísta, tu? Por quereres estar perto de mim outra vez? Não, isso tem outro nome. Sabes quantas vezes te quis bater? Quantas coisas tive que ignorar? Para agora me vires com essa. Ah ah. É engraçado, a vida dá muitas voltas. És uma criança, que fez tudo o que ela te mandou. E depois isto. Óbvio que eu não merecia. Vê tudo a minha volta, agora estou melhor que tu. E não, não quero falar contigo, nem dizer-te olá, nem sequer ver a tua cara. Quero que desapareças, que passes tão mal como eu passei, e quero ver se te consegues sair tão bem como eu. 

O que eu disse:

Olá. Não estava à espera disto, mas não sou pessoa de guardar ódios. Por mim está tudo bem, já passou. 
Claro que podemos falar, numa boa, como antes. Beijinhos.

... ou perdoar, como eu gosto de lhe chamar.

sexta-feira, 7 de março de 2014

Pronto

Sometimes you meet someone and even though you never liked brown eyes before, their eyes are your favourite colour now. And sometimes you meet someone who can make the sickest addictions seem beautiful. And sometimes there’s some people you’d rather sit on a couch with and drink some gas station coffee and read your favourite books over and over while you forget that dinners on the stove so it gets burned but you still think it’s delicious anyway.

terça-feira, 4 de março de 2014

Todos os dias

descubro uma música que me faz lembrar coisas que nem eu sabia que existiam dentro de mim. Sabe bem.

sábado, 1 de março de 2014

As outras

Com algumas pessoas, perde-se tempo. Com outras, perde-se a noção do tempo.