quarta-feira, 16 de março de 2011

e agora?

agora é beber uma chávena de chá, lavar a cara com água fria, ler mais umas quantas folhas daquele livro que está em cima da mesa e pensar em tudo quanto não tenha a ver com estudos. embarcar num daqueles sonos cor-de-rosa, onde nem a mais pequena ervilha debaixo do vigésimo colchão consegue incomodar-nos; dormir bem, de consciência limpa e com a felicidade nas pontas dos dedos, à espera que a deixem sair em liberdade. mais que tudo, é orar para que corra bem aquilo para que tanto nos desfizemos: que valha a pena todo o asfalto que comemos nas quedas, que venham as coisas simples - que, afinal de contas, são as que nos fazem mais alegres. amanhã quero acordar abençoada e sem despertador, ora essa.

4 comentários:

João Lopes disse...

Gostei =o)
Ter esse tempo para nós, o poder acordar sem despertador e termos o tempo necessário para conseguirmos reparar nas pequenas maravilhas do dia a dia, é uma das coisas mais importantes da vida. Senão a mais importante =o)

Um beijo...
'Sê Feliz!'

Catarina A disse...

Gosto tanto desses sonos descansados em que sabe bem acordar no outro dia ;)

Lady C disse...

Aquele livro que está em cima da mesa, é o meu? :p

Danii disse...

Sabes que passei o resto do dia mesmo feliz porque olhaste para mim e lançaste um sorriso (pela primeira vez) :p