quinta-feira, 31 de março de 2011

e porque o relógio não pára

acumulei tanta coisa para escrever, mas (ainda) tenho tão pouco tempo para o fazer.

2 comentários:

ac disse...

quando tiveres tempo , jogas tudo cá para fora . Um beijinho *

Joana Silvestre disse...

O tempo há-de chegar, Nem que seja mais para a frente, no tempo das amoras ;)