sexta-feira, 18 de março de 2011

está para vir

hoje, que estava um belíssimo dia de sol, pensa-se claramente em rumar a um passeio solarengo, que meta gelados e camisolas frescas pelo meio. os gelados, as camisolas e o sol estiveram lá; mas afinal, foi dia de pensar melhor no futuro. foi dia de entrar numa feira de universidades e agarrar todos os panfletos e informações que estivessem mais à mão: nunca se sabe quando vai ser preciso. encontrar novas oportunidades e caminhos pelos quais outrora nunca pensámos poder seguir. misturar todos os tipos de sentimentos que nos inebriam, os que nos assustam e ainda os que nos tornam cada vez mais adultos - deitar tudo no mesmo copo: fazer perguntas impensáveis, supor que, porventura, até podemos vir a querer estudar noutro país (cá para nós - muito secretamente - gostei especialmente desta ideia), alargar os horizontes e pedir para nos ligarem de volta em cada lugar ao qual deitámos o olho (secretamente, sem sequer admitirmos que o fizemos). no meio de muitas incertezas, muitos quiçás, demasiada brincadeira para gente tão grande, que estamos no meio de faculdades. tanta coisa gostava eu de ser na vida, apercebi-me disso hoje quando sempre soube haver em mim este espírito nómada, empreendedor e interessado. mas a vida é feita de escolhas, portas, trilhos e atalhos, opções e problemas de uma só solução. ainda tenho algum tempo para pousar as hipóteses na mesa, analisar cada detalhe e ponderar as mais ridículas e impensáveis circunstâncias. eu gosto disto: estas coisas de reflectir sobre o futuro, pensar maduramente sobre a vida que nos espera, mas ao mesmo tempo de maneira tão infantil que ainda encobrimos com a mão as suposições das quais temos medo. há muito que meditar, avizinham-se tempos difíceis e com uma tonelada de pontos de interrogação pelo meio, quais camisolas e gelados à fresca.

6 comentários:

Mariana disse...

bem me pareceu que te tinha visto ao pé do tanque de mergulho :b podes crer, aquilo é uma verdadeira imensidão de opções, mas vale bem a pena visitar *

Mariana disse...

nem tu, nem eu :b (mas gostava)

Danii disse...

É difícil não ter receio do futuro, mas sabe bem dar por nós a pensar maduramente no futuro, um futuro que é nosso e só a nós cabe mudá-lo ou encaminhá-lo para o melhor lado :)

qel disse...

oh, foste à mostra da UP? :O

Ana Rita disse...

Parece-me que tive um dia bem parecido ao teu :D
Já agora o teu blog é muito fixe :)

M. disse...

amei o blog, vou seguir :D