quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Cenas... #3

No provador (actualmente, o sítio que mais detesto à face da terra), pessoa aproxima-se com 3465 peças na mão:

Eu: (visivelmente ocupada e com cara de não precisar de dizer nada) pode entrar.
Pessoa: (olha para as peças e para mim, num misto de ignorância e necessidade de permissão, enquanto passa as coisas de uma mão para a outra).
Eu: (a tentar não perder a paciência e a rir-me que nem uma maluquinha) pode entrar.
Pessoa: (enquanto faz uma ginástica qualquer com os sacos, as malas e as 23242 peças) posso?
Eu: (já na beira do abismo, prestes a escrever na testa 'PODE ENTRAR') sim, pode entrar.
Pessoa: (ainda com cara de estar na idade dos porquês) posso? não é preciso aquela coisa com o número de peças?
Eu: (PORRA, JÁ DISSE QUE PODES ENTRAR, NÃO DISSE?) não, pode entrar.
Pessoa: ah, está bem, obrigada.

E depois há as outras, que entram como se estivessem em casa, e quase têm de ser arrastadas dali para fora. Mesas desarrumadas, voltem, estão perdoadas.

5 comentários:

Lady C disse...

Assim que estiver "no ar" eu partilho!

Rita disse...

Ahahahahahah
episódio de saldos!

Green disse...

Bem... estava difícil de perceber...

Sapa Xixi disse...

As pessoas são por demais!

Quel* disse...

Há pessoas muito lentinhas de raciocinio xD