quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

instinto do casamento

001_primary_large
nunca tive esse sonho de casar desde pequena, nunca me disseram que o casamento era mais importante que os estudos, nem que para ser feliz no futuro ia precisar de alguém que me levasse pela vida, que me sustentasse, que só iria ficar realizada quando passeasse de anel no dedo. muito pelo contrário. à minha volta existem muitos casais separados, muitos prestes a separar-se e algumas uniões que não funcionam tão bem como deviam, por isso, sempre vivi a olhar para familias desfeitas, coisas quebradas, sentimentos de aversão. e quase sem querer, não me apercebi de que fui adquirindo o gosto pelos casamentos que realmente funcionam e que gostava de vir a ser um deles no futuro, com tudo o que uma boa relação merece. não que seja um assunto que me tire o sono, que me preocupe, para o qual esteja a contar as horas, que me faça borbulhar de ansiedade, mas sempre teve o seu quê de sonho, com um canto guardado na lista dos desejos. e há-de ser bonito, a seu tempo, com muitos sorrisos, flores e claro, um Vera Wang e uma caixa da Tiffany's (também pode ser de outra ourivesaria, vá). há dias em que uma pessoa não pode esconder os seus desejos, ainda que haja só uma pontinha deles fora da caixa.

2 comentários:

June disse...

eu também nunca tive aquele desejo de casar, mas ultimamente... não sei, não digo que gostava, mas não me importava nada... Ahah.

Um beijinho *

Sue disse...

obrigada :$